Blog

Verdades e Mitos Sobre MDF e Chapas Aglomeradas

1º. Mito – MDF é resistente à água 

Este é um dos maiores mitos sobre o MDF.
O MDF possui certa resistência à água, mas ele não é imune à sua ação. É preciso saber que existe uma diferença entre uma chapa que é molhada uma vez, mesmo que por um período longo, e outra que sofra molhamentos constantes ao longo do tempo. A explicação sobre a ação da água na chapa é que as fibras da madeira, ao absorver umidade, irão inchar. Isso acontece em qualquer tipo de chapa – seja MDF, aglomerado ou compensado. A umidade também favorece o aparecimento de fungos, o que contribui para a degradação do painel.
Os móveis que estão sujeitos a molhamentos eventuais, como é o caso de móveis de cozinha e banheiro, devem ser revestidos adequadamente todas as faces e bordas dos componentes do móvel. Com esta proteção, executada da forma correta, a água não irá penetrar na peça, e ela ficará intacta por muitos anos. O revestimento, tanto das faces quanto das bordas, pode ser feito de diversas maneiras, desde que realizado de forma adequada e com cuidado.

2º. Mito – Chapas são imunes a cupins 

Esta é outra ideia equivocada bastante difundida – a de que os painéis de madeira reconstituída são resistentes ao ataque de cupins. Saiba que nenhum tratamento é dado ao MDF, à madeira aglomerada ou à chapa de fibra para proteção contra cupins. Acontece que estes painéis são prensados em alta temperatura, cerca de 200ºC, o que extermina todos os insetos existentes no processo produtivo, inclusive o cupim. Isto é garantia de que as chapas chegam nas revendas livres de cupins, mas não assegura que não possa acontecer uma contaminação a partir daí. Mas como normalmente as chapas ficam pouco tempo armazenadas em revendas e marcenarias, é difícil ocorrer o ataque de cupins nestes locais.
Entretanto, se o móvel for instalado em local contaminado por cupins, ele poderá ser atacado. Sabendo disso, é recomendável uma dedetização local para evitar que o móvel seja infestado.

3º. Mito – MDF é mais resistente que aglomerado 

Muitas pessoas acham que o MDF é mais resistente que outros tipos de painéis e que, quanto maior sua espessura, maior sua resistência. Talvez este conceito errado tenha surgido devido ao fato do MDF ser mais compactado que o aglomerado. Uma das afirmações ouvidas neste sentido é que o MDF “segura” mais os parafusos, o que não é verdade. A resistência de uma peça depende, além do material usado, de outros fatores importantes como: projeto do móvel; execução e ferragens utilizadas. Os projetos e a execução dos móveis são muito mais importantes na definição de sua resistência que o próprio painel utilizado.